O que você pode fazer para manter sua saúde

O que você pode fazer para manter sua saúde

Muitos fatores desempenham um papel importante na manutenção da saúde. Por sua vez, a boa saúde pode diminuir o risco de desenvolver certas condições. Estes incluem doenças cardíacas, derrame, alguns tipos de câncer e ferimentos. Saiba o que você pode fazer para manter sua saúde e a de sua família.
Caminho para uma melhor saúde

Leia também: Transtorno bipolar saiba o que é sintomas e tratamentos

Coma saudável.

O que você come está intimamente ligado à sua saúde. Nutrição equilibrada tem muitos benefícios. Ao fazer escolhas alimentares mais saudáveis , você pode evitar ou tratar algumas condições. Estes incluem doenças cardíacas, derrame e diabetes. Uma dieta saudável pode ajudá-lo a perder peso e reduzir seu colesterol.

Exercite-se regularmente.

Exercício pode ajudar a prevenir doenças cardíacas, derrame, diabetes e câncer de cólon. Pode ajudar a tratar depressão, osteoporose e pressão alta. As pessoas que se exercitam também se machucam com menos frequência. O exercício regular pode fazer você se sentir melhor e manter seu peso sob controle. Tente ficar ativo por 30 a 60 minutos aproximadamente 5 vezes por semana. Lembre-se, qualquer quantidade de exercício é melhor que nada.

Se você está com excesso de peso, perca peso.

Muitos americanos estão acima do peso. Ter muito peso aumenta o risco de sofrer várias doenças. Algumas delas incluem:

pressão arterial alta
colesterol alto
diabetes tipo 2
doença do coração
acidente vascular cerebral
alguns tipos de câncer
doença da vesícula biliar.

Estar acima do peso também pode levar a lesões relacionadas ao peso. Um problema comum é a artrite nas articulações que suportam o peso, como a coluna, quadris ou joelhos. Existem várias coisas que você pode tentar para ajudá-lo a perder peso e mantê-lo desligado.

Proteja sua pele

A exposição solar está relacionada ao câncer de pele. Este é o tipo mais comum de câncer nos Estados Unidos. A melhor coisa é limitar o tempo que você gasta sob o sol. Certifique-se de usar roupas de proteção e um chapéu quando estiver ao ar livre. Use protetor solar durante todo o ano na pele exposta, como o rosto e as mãos. Protege a sua pele e ajuda a prevenir o câncer de pele. Escolha um protetor solar de amplo espectro que bloqueie os raios UVA e UVB. Deve ser pelo menos um SPF 15. Não tomar sol ou usar cabines de bronzeamento.

Pratique sexo seguro.

O sexo seguro é bom para sua saúde emocional e física. A maneira mais segura de fazer sexo é entre duas pessoas que só fazem sexo uma com a outra. Eu uso proteção para prevenir doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Os preservativos são a forma mais eficaz de prevenção. Converse com seu médico se você precisar fazer um teste de DST.

Não fume ou use tabaco.

Fumar e consumir tabaco são hábitos nocivos. Eles podem causar doenças cardíacas e câncer de boca, garganta ou pulmão. Eles também são os principais fatores de enfisema e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Quanto mais cedo eu deixar , melhor.

Limite a quantidade de álcool que você bebe.

Os homens não devem consumir mais de 2 bebidas por dia. As mulheres não devem consumir mais de uma bebida por dia. Uma bebida é igual a 12 onças de cerveja, 5 onças de vinho ou 1,5 onças de licor. Muito álcool pode prejudicar o seu fígado. Pode causar alguns tipos de câncer, como garganta, fígado ou pâncreas. O abuso de álcool também contribui para mortes por acidentes de carro, assassinatos e suicídios.
Aspectos a considerar

Além dos fatores mencionados acima, você deve dedicar algum tempo à saúde de todo o corpo. Visite seus médicos para check-ups regulares. Isso inclui seu clínico geral, bem como seu dentista e oftalmologista. Deixe seus benefícios de saúde e serviços de cuidados preventivos trabalharem para você. Certifique-se de que você sabe o que seu plano de seguro de saúde inclui. Os cuidados preventivos podem detectar doenças ou prevenir doenças antes de começarem. Isso inclui certas visitas ao médico e exames.

Você precisa dedicar tempo para a saúde da mama. O câncer de mama é uma das principais causas de morte em mulheres. Os homens também podem ter câncer de mama. Converse com seu médico sobre quando você deve começar a fazer mamografias. Você pode precisar começar a testar cedo se tiver fatores de risco, como histórico familiar. Uma forma de detectar o câncer de mama é fazer um autoexame mensal.

As mulheres também devem fazer exames de Papanicolaou de rotina. Mulheres de 21 a 65 anos devem ser testadas a cada 3 anos. Isto pode diferir dependendo de certas condições ou se o colo do útero tiver sido removido.

Pergunte ao seu médico sobre outras triagens de câncer. Os adultos devem ser rastreados para câncer colorretal após os 50 anos. Seu médico pode querer verificar outros tipos de câncer. Isso dependerá de seus fatores de risco e histórico familiar.

Mantenha uma lista dos medicamentos que você está tomando atualmente. Por sua vez, você deve acompanhar as vacinas, incluindo uma vacina contra a gripe anual. Os adultos precisam de um reforço Td a cada 10 anos. Seu médico pode substituí-lo com Tdap. Isso também protege contra a tosse convulsa (coqueluche). As mulheres grávidas precisam da vacina Tdap. As pessoas que estão em contato próximo com os bebês também devem dar a elas.
Perguntas para perguntar ao seu médico

Quantas calorias devo comer e com que frequência devo exercitar para manter meu peso atual?
Devo fazer um exame físico anual?
Que tipos de cuidados preventivos meu seguro cobre?
Quando devo começar a testar certos tipos de câncer e condições?

Fonte: https://www.valpopular.com/transtorno-bipolar-saiba-o-que-e-sintomas-e-tratamentos/

As chaves para uma boa saúde

As chaves para uma boa saúde

A Comunidade Autônoma lembra a importância de evitar o estilo de vida sedentário, o tabagismo e a dieta pobre para alcançar a condição física ideal no Dia Mundial da Saúde.
07.04.2019 | 22:25
Las claves para tener buena salud
As chaves para uma boa saúde

A OMS celebra este aniversário em 7 de abril de 1950

Leia também: Dermaroller funciona

Prevenção como medida para prevenir o desenvolvimento de doenças e promover a saúde de todas as pessoas. Esta é a premissa que a Comunidade Autónoma cunhou ontem, por ocasião da celebração do Dia Mundial da Saúde. Por ocasião deste evento, a diretora geral de Planejamento, Pesquisa, Farmácia e Serviços ao Cidadão, María Teresa Martínez, enfatizou a “necessidade de conscientizar a população sobre medidas para prevenir doenças e promover a saúde”.

Assim, Martinez está empenhado em “evitar o estilo de vida sedentário, fumar ou dieta pobre, mas também devemos dar um exemplo aos nossos filhos adotando hábitos de vida saudáveis, como exercícios físicos moderados e também educar em respeito ao meio ambiente, saúde das pessoas ». Nesse sentido, o objetivo desta iniciativa é “avançar em direção a um sistema que previna, evolua o sistema tradicional voltado para a cura”.

Dessa forma, com a adoção desses hábitos “teremos o melhor instrumento de prevenção e terapia para doenças crônicas, como doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade ou síndrome depressiva”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está dedicando este ano a comemoração, que acontece desde 1950 a cada 7 de abril, para a cobertura universal de saúde e, para isso, é crucial que todos tenham o cuidado de que necessitam.
Atividade física

No entanto, a evolução de alguns dos principais problemas crônicos de saúde e fatores de risco cardiovascular têm mostrado uma tendência ascendente, daí a importância de se insistir na prevenção. Neste sentido, a Região de Múrcia realiza o programa ‘Ativo’ para promover a atividade física através da prescrição de exercícios fisioterapêuticos por profissionais de saúde da Atenção Primária Murciano Health Service e com a colaboração dos municípios que prestam seus espaços de esportes.

O objetivo deste programa é prevenir problemas crônicos e comportamentos sedentários, além de promover estilos de vida saudáveis ​​e saudáveis, fortalecendo a consolidação de uma cultura em que os pontos de referência são a dieta balanceada e a prática de exercícios físicos.

Fonte: https://www.valpopular.com/dermaroller-funciona/

5 maneiras de se ter uma vida saudável

5 maneiras de se ter uma vida saudável

Com bons hábitos alimentares e atividade física diária, você estará bem encaminhado para uma vida saudável. Fácil de dizer, mas às vezes não é tão fácil de fazer!

Nosso estilo de vida ocupado pode ser difícil para a saúde de nossa família. Correr para a escola e para o trabalho pode tornar difícil encontrar tempo para ser fisicamente ativo. Também podemos adotar o hábito de escolher lanches não saudáveis ​​e alimentos descartáveis ​​ou gastar nosso tempo livre assistindo TV ou em frente ao computador.

No entanto, essas escolhas podem ser perigosas para nossa saúde e para a saúde de nossas crianças – tanto agora quanto a longo prazo. É por isso que é tão importante parar, fazer um balanço e tomar uma decisão consciente de seguir um estilo de vida saudável.

Como levar um estilo de vida saudável
Existem cinco maneiras simples para a sua família levar um estilo de vida saudável e voltar à pista:

1. Fique ativo todos os dias
A atividade física regular é importante para o crescimento saudável, o desenvolvimento e o bem-estar de crianças e jovens.
Eles devem ter pelo menos 60 minutos de atividade física todos os dias, incluindo atividades vigorosas que os fazem ‘bufar e bufar’.
Inclua atividades que fortaleçam músculos e ossos em pelo menos 3 dias da semana.
Os pais devem ser bons modelos e ter uma atitude positiva em relação a serem ativos.
2. Escolha a água como bebida
A água é a melhor maneira de saciar a sua sede – e não vem com o açúcar adicionado encontrado em sucos de frutas, refrigerantes e outras bebidas açucaradas.
Leite gordo reduzido para crianças com mais de dois anos é uma bebida nutritiva e uma excelente fonte de cálcio.
Dê às crianças frutas inteiras para comer, em vez de oferecer sucos de frutas que tenham muito açúcar.
3. Coma mais frutas e legumes
Comer frutas e legumes todos os dias ajuda as crianças a crescer e se desenvolver, aumenta sua vitalidade e pode reduzir o risco de muitas doenças crônicas.

Leia também: Cromofina funciona
Procure comer duas porções de frutas e cinco porções de vegetais todos os dias.
Tenha frutas frescas disponíveis como um lanche conveniente e tente incluir frutas e vegetais em cada refeição.
4. Desligue a tela e fique ativo
O tempo sedentário ou ‘ainda’ gasto assistindo TV, navegando on-line ou jogando jogos de computador está vinculado a crianças com sobrepeso ou obesidade.
Crianças e jovens não devem gastar mais de duas horas por dia em entretenimento de ‘telinha’. Divida longos períodos de uso com a maior frequência possível.
Planeje uma variedade de jogos ou atividades ativas internas e externas para seus filhos, como alternativas para assistir TV ou jogar no computador.
5. Coma menos lanches e selecione alternativas mais saudáveis
Os lanches saudáveis ​​ajudam crianças e jovens a satisfazer suas necessidades nutricionais diárias.
Lanches à base de frutas e vegetais, laticínios com baixo teor de gordura e grãos integrais são as escolhas mais saudáveis.
Evite lanches que são ricos em açúcar ou gorduras saturadas – como batatas fritas, bolos e chocolate – o que pode causar as crianças a colocar em excesso de peso.

Fonte: https://www.valpopular.com/cromofina-funciona/

Laboratório lança remédio contra a cólica menstrual

Laboratório lança remédio contra a cólica menstrual

A Boehringer Ingelheim, mesmo fabricante de Buscopan, lança no mercado um medicamento que promete unir a praticidade da cápsula com a rapidez de ação do líquido para o alívio da cólica menstrual.

Leia também: comprar Atroveran

O Buscofem é composto de Ibuprofeno líquido 400mg (princípio ativo) inserido em cápsulas de gel e possui ações anti-inflamatórias e analgésica.

A cólica menstrual é causada pelo aumento da produção de substâncias, conhecidas como prostaglandinas, a dor geralmente não é contínua e pode variar de intensidade, passando da forma branda às dores severas.

Cólica menstrual intensa não é normal, alertam especialistas

Cólica menstrual intensa não é normal, alertam especialistas

Médicas enfatizam que o sintoma pode estar relacionado à endometriose e à infertilidade
Indisposição, aumento da ansiedade e estresse podem ser quadros comuns nas mulheres que sofrem com a cólica menstrual. Dados da pesquisa Dismenorréia e Absenteísmo no Brasil (Disab) mostram que 65% das brasileiras têm cólicas a cada menstruação e 70% delas relacionam a produtividade prejudicada no trabalho devido às dores. Se não ocasionar maiores incômodos a cólica é até normal, mas quando as dores se tornam mais intensas e, muitas vezes, as atividades rotineiras tem que ser deixadas em segundo plano, o quadro merece atenção especial. “Dores durante a menstruação podem ocorrer de forma leve e que não atrapalhe o dia da mulher. Porém, quando persistente e um aumento progressivo de intensidade a cada mês, é necessário investigar o que está acontecendo. Nestas mulheres, a endometriose pode ser um dos fatores”, explica a ginecologista e obstetra Naura Tonin Angonese.

Sintomas

Além das fortes cólicas menstruais, a endometriose pode gerar sintomas como dor pélvica que torna acentuada no período pré-menstrual, cólicas incapacitantes na menstruação acompanhada de dificuldades para urinar e algumas vezes mudança do hábito intestinal com diarreia ou dor na evacuação. “A endometriose pode envolver outros órgãos, principalmente intestino, ovário e bexiga”, ressalta Naura.

Leia também: Cólica menstrual

Infertilidade

Toda reação inflamatória nos órgãos do aparelho reprodutor pode influenciar na capacidade de gestação bem sucedida na mulher. De acordo com Tânia Maria Balcewicz, médica especialista em reprodução humana da clínica Plena Fértile, de Toledo (PR), a endometriose é uma das causas principais causas da infertilidade, diagnosticada em cerca de 25% a 50% das mulheres inférteis. Porém, a especialista destaca que mesmo nos casos de doença avançada a mulher com endometriose pode engravidar espontaneamente.

A médica explica que fatores como idade, grau da doença e tempo de infertilidade são levados em conta na hora da avaliação e decisão do melhor tratamento. “Algumas podem engravidar de forma espontânea e a endometriose ser apenas um achado ocasional numa cesárea”, observa Tânia. “Outras irão precisar de um tratamento cirúrgico e algumas de métodos de reprodução assistida – fertilização in vitro ou inseminação – para engravidar”, complementa.

Diagnóstico e Tratamento

Para Naura, o diagnóstico é inicialmente clínico – feito a partir da história da paciente e do exame ginecológico. O diagnostico definitivo só e possível após a laparoscopia, procedimento cirúrgico onde será avaliado o comprometimento ou não dos órgãos internos e o local de realização de uma biopsia para comprovar definitivamente a endometriose. “A cirurgia laparoscópica atua como diagnóstico e tratamento”, ressalta Naura. Ela explica que na execução do procedimento, os focos da endometriose encontrados são retirados no mesmo momento. Para tratar a doença, além do tratamento cirúrgico inicial, existem vários medicamentos específicos que proporcionam controle dos sintomas e até mesmo a resolução do caso, o que proporciona o retorno da qualidade de vida das mulheres.

10 dicas para ter uma vida saudável

10 dicas para ter uma vida saudável

Você sabe o que fazer para ter uma vida saudável? Listamos 10 dicas simples e práticas para você viver bem. Confira!

DICAS DE MODA
Por Renata Demôro
Levar uma vida saudável é a melhor forma de afastar doenças cardiovasculares, obesidade e até câncer. Mas você sabe o que fazer para manter a saúde em dia? A seguir, confira algumas dicas simples e eficazes:
Inclua castanhas na rotina alimentar
“Castanhas-do-pará, de caju, nozes e amêndoas possui baixo índice glicêmico, o que significa que não alteram os níveis de insulina no sangue e provocam sensação de saciedade. Também são fontes ricas em fibras, ferro, vitamina E e selênio, mineral importante para o bom funcionamento da tireoide”, diz a a nutróloga Liliane Oppermann. Para aproveitar tudo que as castanhas têm de bom, sem exagerar nas calorias, Liliane recomenda a ingestão de 2 castanhas-do-pará, 3 castanhas de caju, 2 nozes ou 5 amêndoas (escolha apenas uma das opções).
Confira receita de creme de castanha de caju com shitake trufado

Reduza a ingestão de sal e aumente o consumo de água
Além de favorecer o inchaço de pernas, pés, barriga e outras regiões do corpo, o excesso de sal pode comprometer a saúde. “A retenção de líquidos provocada pelo consumo exagerado de sal sobrecarrega o coração, rins e vasos sanguíneos e também pode levar à hipertensão”, explica a médica Liliane Oppermann. A nutróloga recomenda a ingestão de 2 litros de água. Leite, água de coco e sucos podem ajudar a alcançar esse patamar, mas o ideal é que a água pura seja a principal fonte.
Retenção de líquidos: saiba como evitar o problema

Não pule o café da manhã
O café da manhã diário é necessário para nutrir o organismo. “É o momento em que o corpo está ávido por nutrientes, já que passou 7 ou 8 horas em jejum, durante o sono. O organismo precisa de energia para começar o dia, além de vitaminas e sais minerais. Se uma pessoa comer fruta no café da manhã, seus nutrientes serão mais bem aproveitados do que antes de dormir”, orienta a nutróloga Liliane Oppermann. Um café da manhã saudável evita o consumo de calorias extras ao longo do dia. Sem a primeira refeição, o organismo passará a manhã sem energia e a fome também virá com mais intensidade ao longo da tarde.
Confira dicas para deixar o café da manhã mais gostoso

Pratique exercícios físicos regularmente
Os exercícios físicos devem fazer parte da rotina, inclusive, de quem não precisa perder peso. Uma simples caminhada diária pode melhorar o humor e afastar doenças do coração. De acordo com cardiologista Rogério de Moura, coordenador do serviço de cardiologia do Hospital Balbino, “para proteger o coração, o ideal é praticar exercícios durante 45 minutos a 1 hora, 5 vezes por semana”. Para quem não gosta de academia, o médico recomenda caminhar pelo quarteirão, na praia ou em parques verdes. Outra opção é buscar aulas que fujam do convencional.
Suspension Cores: saiba mais sobre a aula que queima 500 calorias

Leia também: Saúde

Mantenha os ovos na dieta
Antes considerado inimigo do coração, o ovo entrou na lista dos alimentos importantes. Ele é rico em colina, nutriente que protege a memória e combate a fadiga. A gema ainda contém antioxidantes, como zinco, ferro, selênio e vitaminas A e E. Segundo a nutróloga Liliane Oppermann, ele pode ser consumido diariamente por quem não come carne, desde que não seja frito. Já para os carnívoros, a recomendação é ingerir até 3 ovos por semana.
Aprenda a fazer ovos ao forno

Uma taça de vinho, pode. Exagerar no álcool, não.
O álcool em excesso pode sobrecarregar o fígado, além de trazer problemas de concentração, aumentar a frequência dos batimentos cardíacos e irritar a mucosa do estômago, podendo causando gastrite e úlcera. Por outro lado, o vinho pode fazer bem para a saúde. Além de evitar infartos e derrames cerebrais, o consumo de 250 ml de vinho tinto, todas as noites, reduz os níveis do hormônio estrogênio, que é conhecido por aumentar os riscos de desenvolvimento de câncer de mama.
Dieta do champanhe: bebida faz bem à saúde e ajuda a emagrecer

Evite o refrigerante, inclusive nas versões diet ou light
Os refrigerantes diet e light podem ter poucas calorias, mas são ricos em outras substâncias que também podem fazer mal ao organismo, como sódio, corantes e conservantes. “Os adoçantes empregados na composição dos produtos light e diet – geralmente ciclamato, sacarina e aspartame – também não são os mais saudáveis”, orienta a médica Liliane Oppermann.
Os 10 piores alimentos alimentos para o corpo

Coma um jantar leve, mas coma
A prática de não comer nada no fim do dia não é saudável. Como o corpo ficará horas sem receber nenhum nutriente, durante o sono, dormir de barriga vazia pode gerar uma fome desproporcional no café da manhã. Para um jantar leve e nutritivo, Liliane Oppermann dá a dica: “Para pessoas que costumam fazer 6 refeições diárias, que incluem lanche da manhã, da tarde e ceia, além de almoço e jantar, recomendo um grelhado com salada crua, meio prato de legumes e uma porção de arroz integral”.
Confira receita de saladas mornas

Faça boas escolhas no supermercado
A nutróloga Liliane Opperman lista as melhores escolhas para um cardápio saudável: “A aveia contém vitaminas do complexo B e fibras, que evitam picos de insulina; o azeite extravirgem é rico em vitaminas D e E, além de gorduras boas para o coração; o iogurte contém cálcio para ossos fortes e probióticos, que atuam na regularização da função intestinal; o salmão é rico em proteínas e ômega-3, que protege o coração; o chá verde é rico em polifenois, que estimulam o metabolismo, previnem cáries nos dentes e obesidade e vegetais crucíferos, como brócolis, nabo e couve-flor que, além de fibras, contém I3 carbinol, um fotoquímico que mantém células cancerosas à distância”.
Saiba mais sobre os benefícios da aveia

Não conte as calorias gastas na esteira
A maioria das esteiras e bicicletas ergométricas possui contador de calorias, mas nem nas mais modernas essa contagem é confiável. “Aquela informação nunca será precisa. É preciso relacionar muitos fatores para chegar a esse resultado, que não pode ser pasteurizado para todos os alunos. Movimentar os braços durante a caminhada na esteira, por exemplo, aumento o gasto calórico em 10%, mas não é possível contabilizar esse gasto através do aparelho. Para alcançar seus objetivos, o melhor é conversar com o profissional”, explica o treinador físico Ricardo Wesley.